image

Hioki lança pinça AC CM3289

Principais características da CM3289

1. Sensor de baixo perfil para uma utilização mais fácil em espaços confinados

A manutenção e gestão regular são essenciais para manter em funcionamento os equipamentos eléctricos de um edifício ou unidade fabril e a medição de tensão e corrente faz parte desse processo. Há muitos anos que a Hioki fornece os seus clientes com equipamentos de medida e pinças multimétricas para uso no campo para essa manutenção e gestão.

Nos últimos anos, a diminuição de tamanho dos painéis de distribuição e outras alterações levaram a uma densidade de cabos maior, colocando cabos tão próximos que as pinças mais antigas são demasiado grandes para colocar no cabo a medir. A nova CM3289 possui uma pinça de baixo perfil com uma garra pontiaguda que se coloca mais facilmente entre cabos em locais apertados. A pinça da antiga 3280-20Fmedia 82 mm quando estava Aberta enquanto que a da CM3289 mede só 71 mm, uma redução de 11 mm.

Funções herdadas da 3280-20F

1. Grande gama de temperatura de operação para utilização numa grande variedade de ambientes

A CM3289 possui uma temperatura de operação de -25°C a 65°C. Gráças a esta gama de utilização, pode ser usada em climas de todo o mundo.

2. Suporte de sensor de corrente flexível para facilitar a medidas em cabos emaranhados

O sensor de corrente Ac flexível CT6280 estádisponível como opção para a CM3289. O sensor flexível CT6280 pode ser usado em locais onde não consegue usar o sensor rígido da CM3289 (pinça). Adicionalmente o cabo do CT6280 possui uma secção com 5 mm de diâmetro, sendo mais fino que a concorrência e facilitando a utilização em locais onde os cabos estão emaranhados.

Além disso, o CT6280 suporta correntes mais elevadas e pode medir correntes até 4199 A quando usado com a CM3289.
(Por si só, a CM3289 pode medir correntes até 1000 A.)

3. Medições True RMS para permitir uma medição precisa de correntes com formas de onda distorcidas

Existem dois métodos de medir correntes AC: o método do valor médio e o do valor eficaz (true RMS). Qualquer um pode medir com precisão a corrente de uma forma de onda sinusoidal sem distorção, mas só o método true RMS pode medir formas de onda que foram distorcidas por equipamentos como inversores ou fontes de alimentação comutadas. Para medir com precisão estas correntes, é necessário usar uma pinça de corrente que suporte a medição de valores eficazes. Uma vez que a CM3289 suporta estas medições, pode medir com precisão mesmo correntes com formas de onda distorcidas.


Clique aqui para mais informações.